Um fabricante de motores, desenvolvedor do menor turbofan do mundo

Price Induction é uma das únicas empresas que desenvolveram uma turbina aeronáutica moderna na última década.

Seu principal produto é o motor DGEN 380, o menor turbofan do mundo, projetado para aeronaves de 4 a 5 lugares. Este turbofan com uma alta taxa de diluição e com um redutor integrado foi inteiramente concebido para permitir o surgimento de uma nova categoria de aeronaves no mercado da aviação geral, os PLJ. Depois de um ciclo de 15 anos de desenvolvimento, o motor é reconhecido como um sucesso tecnológico e está agora em processo de certificação e de industrialização.

Em paralelo do programa do motor, Price Induction comercializa bancadas de ensaio para ensino e pesquisa, e valoriza seu know-how através da participação em projetos de pesquisa e tecnologia para grandes grupos aeronáuticos. Nossa base instalada é diversificada, com clientes de renome internacional, tais como o grupo SAFRAN, centros de pesquisa como a NASA e JAXA, universidades como ISAE-Supaero, ENAC, Georgia Tech e também centros de treinamentos especifícos de aviação como SENAI de São Paulo e o Balamand Institute of Aeronautics no Líbano.

Uma empresa média com presença internacional

Price Induction tem cerca de cinquenta funcionários, incluindo mais de 35 engenheiros trabalhando com cultura de empreendedorismo. A empresa está localizada na região de Aquitaine, com sede em Anglet, no País Basco e bancadas de teste estão localizadas em Tarnos.
A empresa estabeleceu três filiais diretas- Atlanta (EUA), Berlim (Alemanha) e São José dos Campos (Brasil), bem como um escritório comercial para a Ásia, em Xangai. Outros mercados importantes da aviação são cobertos por agentes dedicados.

História

A aventura da Price Induction começou em 1997, quando Bernard Etcheparre, um empreendedor francês, decidiu lançar o programa DGEN para contribuir com a inovação no mercado da aviação geral.
Lançado como um projeto de empresa com uma equipe de jovens engenheiros, o programa rapidamente recebeu o apoio de laboratórios e empresas aeronáuticas francesas, bem como fundos de investimento institucionais.

Em 31 de outubro de 2006, o primeiro motor DGEN 380 foi ligado com sucesso em nosso banco de ensaios. Em 2011, o motor DGEN completou com sucesso seu primeiro teste de resistência de 150 horas.

Desde 2010, uma linha de produtos foi criada para compartilhar o know-how da empresa. Os primeiros bancos de ensaio WESTT foram instalados em 2010 e o primeiro projeto de pesquisa e tecnologia foi assinado em 2012.

Hoje o DGEN acumulou mais de 2000 ciclos, 1500 horas de operação e dois testes de resistência de 150 horas. Mais de 15 motores DGEN foram produzidos durante o programa e para as soluções WESTT.